Artigos

Pesquisadores, empresários e entidades reguladoras e classista discutem os desafios operacionais de parques eólicos no CTGAS-ER

FLAMINIOHOJEVisando discutir sobre os  desafios operacionais, enfrentados pelo setor eólico e identificar as principais soluções tecnológicas disponíveis, o  SENAI-Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e  o CTGAS-ER-Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis(Consórcio SENAI/Petrobras) promoveram, nesta sexta-feira, 25, o “Workshop Desafios Operacionais de Parques Eólicos”. Durante a solenidade de abertura, a diretora Regional do SENAI/RN, Roseanne Azevedo, mostrou a ação desenvolvida pelo SENAI no Brasil e em especial no Estado e disse da satisfação em “ver o mundo produtivo e a área do conhecimento fazendo a ponte para o desenvolvimento”. Roseanne destacou a parceria com a EIC TRIER IHK – Renânia Palatinado, da Alemanha, para a realização de vários projetos na área das energias renováveis e o empenho do cônsul honorário Axel  Geppert. A diretora Executiva do Centro, Cândida Amália, fez uma exposição do que o SENAI/CTGAS-ER oferecem, na área da educação profissionalizante, para atender a indústria no setor da Energia Eólica.


 O evento teve a participação dos responsáveis operacionais dos parques eólicos, representantes dos órgãos reguladores, como IDEMA, ONS, EPE, ANAEEL e entidades de classe, como Abeeólica-Associação Brasileira de Energia Eólica,  operadores de parques eólicos, a exemplo da Brasventos, Serveng e Energisa, além de  pesquisadores do CTGAS-ER e empresas locais prestadoras de serviços, que participaram de uma rodada de negócios promovida pelo SEBRAE, no final da  tarde.

A primeira palestra foi desenvolvida por Francine Martins, da Abeeólica, que fez uma exposição sobre o posicionamento do Brasil, hoje TOP 10, no mapa mundial do setor eólico, mostrando a trajetória exponencial, que continua a agregar capacidade energética à curva e anunciou perspectivas de implantação de 5 mil parques eólicos até 2020.

Em seguida, Sílvio Galvão, do Instituto de Defesa do Meio Ambiente- Idema, discorreu sobre “Impactos negativos dos Parques Eólicos na fase de operação e  entraves burocráticos”. No desenrolar do tema, ele disse que são necessários 30 ou 40 dias para a obtenção de uma licença ambiental  e revelou que existem no Estado 118 parques eólicos com licença de operação, em 18 municípios, destacando João Câmara 23 e Parazinho, com  22 parques em atividade.

Flávio Lins, da ONS-Operador Nacional do Sistema Elétrico, discorreu sobre “Desafios e melhoras práticas na operação de parques Eólicos”.  Panorama mundial de geração eólica, usinas que se relacionam com o  ONS,  variabilidade de tensão, recordes de geração eólica no Nordeste e no Brasil,  inserção da geração eólica no Sistema Integrado Nacional e desempenho da região Nordeste na produção da energia eólica, foram também expostos.

Diretor da Empresa de Pesquisa Energética, Juarez Castrillon. iniciou falando sobre a EPE, criada pelo Governo Federal, em 2013, após o “Apagão”,  visando evitar a  falta de energia elétrica. Em seguida, abordou os números sobre Brasil, paraíso das energias renováveis, segundo afirmou, com a eólica na frente, que apresenta ainda o menor risco na variabilidade de tensão. Ele informou a publicação de um boletim sobre a posição do vento, que orienta aos empresários na escolha de locais para implantação de parques eólicos.

Ainda na parte da manhã, Cândida Amália e Darlan Santos, diretora Executiva e consultor Técnico do CTGAS-ER, abordaram as atividades do centro, com relação ao  ensino profissionalizante e pesquisa, destacando o setor da energia eólica. Na  ocasião, Cândida Amália fez uma exposição do desenho Curricular Nacional do SENAI, para o setor da energia eólica.

O “Workshop” teve prosseguimento à tarde, com mais três palestras: “Processo de fiscalização de parques Eólicos em Operação e  Detecção de não conformes com base de dados anemométricos x supervisórios”, por Odair José Manfroi, da Agência Nacional de Energia Elétrica e “Experiências Operacionais”, a cargo de Paulo Roberto Souza e José Raimundo, da Brasventos|/Serveng. Encerrando, Daniel Faro, do CTGAS-ER  desenvolveu o tema “ Desempenho de Parques Eólicos.

Contato CTGAS-ER

Telefone: +55 (84)3204-8000
Fax: +55 (84)3204-8090
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Site: http://www.ctgas.com.br

Localização

Av. Capitão-Mor Gouveia, 2770
Lagoa Nova - Natal/RN - Brasil
CEP: 59064-164

Você está aqui: Página Inicial