Artigos

CTGAS-ER apresenta pesquisa no II CONEPETRO sobre inovações na captura do gás carbônico

fabiolaO Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis-CTGAS-ER(Consórcio SENAI/Petrobras) vai participar e apresentar trabalho durante o  II CONEPETRO-Congresso Nacional de Engenharia de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis  e o IV WORKSHOP de  Engenharia de Petróleo, a ser realizado em Natal, a partir desta quarta-feira,10, encerrado na próxima sexta-feira, 12,  no Centro de Convenções.  A pesquisa é um novo processo, desenvolvido pelos especialistas do Centro, que visa a geração de energia com uma consequente captura de CO2. A vantagem da tecnologia está em obter uma corrente limpa de CO2, sem penalidades energéticas, para separar do N2, como ocorre nas tecnologias convencionais.


 O gás carbônico, produzido principalmente pela queima de combustíveis fósseis, é considerado o grande responsável pelo aquecimento global, Os  combustíveis fósseis são aqueles formados por meio de processos naturais, como a decomposição de organismos mortos soterrados. Eles contêm alta quantidade de carbono, usados para alimentar a combustão. São usados como combustíveis, o carvão mineral, gás natural e o petróleo.

O  trabalho  a ser apresentado no II Conepetro,  na categoria oral,  será “ESTUDO DO EFEITO DA ADIÇÃO DE CÉRIO AO SUPORTE  E DO TEOR DE COBRE NA REATIVIDADE DE MATERIAIS PARA RECIRCULAÇÃO QUIMICA” e seus autores são  Fabíola Correia de Carvalho, Adolfo Lopes de Figueredo,  José Carlos do Nascimento e Juan Alberto Chavez Ruiz. A pesquisa  faz parte do desenvolvimento do projeto Ciclos Químicos II.

Redução no consumo de energia

O CO2, produzido principalmente pela queima de combustíveis fósseis utilizados na geração de energia, é considerado o grande responsável pelo aquecimento global. Uma forma de reduzir essas emissões na atmosfera é a sua captura e seu armazenamento. Porém, as técnicas existentes requerem o consumo de grandes quantidades de energia, o que encarece o processo e compromete a eficiência da captura. Neste contexto, a tecnologia de Recirculação Química para Combustão (RQC) é uma alternativa promissora para a geração de energia em processos que se faz necessária a mitigação do CO2 com menor demanda energética. Isso ocorre devido à configuração do sistema reacional ser baseado na transferência do oxigênio do ar para um combustível,  através de um transportador sólido de oxigênio (TSO), que circula entre dois reatores de leito fluidizados interconectados, evitando a diluição dos produtos gerados (H2O e CO2) no N2 proveniente do ar.

 Neste trabalho foram desenvolvidos materiais com 10% e 15% de cobre suportados em gama-alumina. Foram discutidos os efeitos causados pela dopagem do suporte com 1% de Cério (Ce) e a influência do teor de cobre no sólido nas respectivas reatividades, na combustão de um biocombustível simulando o processo RQC. Diante dos resultados obtidos, chegou-se a conclusão, que a dopagem da gama-alumina com 1% de Ce, promove uma maior estabilidade aos sítios de cobre suportados na forma de aluminato e o teor do cobre também cumpre um papel importante no desempenho do TSO.

As emissões de CO2 podem ser reduzidas através de processos que visam sua captura e armazenamento. Há três diferentes métodos convencionais de sequestro ou captura de CO2: pré-combustão, pós-combustão e oxi-combustão. Entretanto são processos caros e que requerem um alto gasto de energia para separar, uma vez que o CO2 encontra-se misturado a outros gases.  É nesse cenário que a tecnologia denominada de Recirculação Química para combustão (RQC) surgiu como uma alternativa promissora para facilitar a captura desse gás. A principal  vantagem desta tecnologia consiste em reduzir danos ao meio ambiente com uma combustão livre de N2, uma vez que não entra em contato com o ar (O2 + N2) e o combustível, como nas outras tecnologias, evitando a formação de compostos como NOx e facilitando a captura do CO2 sem custos energéticos adicionais.

II Conepetro

O evento, é uma parceria interinstitucional entre a Universidade Federal de Campina Grande-UFCG, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN e a Faculdade Estácio de Natal (RN)., através de professores que desenvolvem estudos relacionados à temática central do evento. O Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis-CTGAS-ER (Consórcio SENAI/Petrobras) vai apresentar trabalhos e está dando todo o apoio a essa atividade científica.

O Congresso tem uma programação que contempla diferentes áreas temáticas com atividades distribuídas em conferências, palestras, simpósios, minicursos, workshops, sessões de apresentação de trabalhos (comunicações orais e pôsteres), atividades culturais, feira, mostras científicas, oportunidade de negócios e premiações. Visa promover a atualização e o intercâmbio do conhecimento entre os participantes de uma forma dinâmica e criativa.
Objetivos
II CONEPETRO visa oportunizar a estudantes, profissionais e pesquisadores discussões acerca dos avanços tecnológicos; fomentar a divulgação científica; possibilitar estratégias de negócios; promover o intercâmbio entre instituições de todo o país; proporcionar o acesso a novas informações visando à  atualização e produção do conhecimento.

Contato CTGAS-ER

Telefone: +55 (84)3204-8000
Fax: +55 (84)3204-8090
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Site: http://www.ctgas.com.br

Localização

Av. Capitão-Mor Gouveia, 2770
Lagoa Nova - Natal/RN - Brasil
CEP: 59064-164

Você está aqui: Página Inicial